fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
familias
  • Português
  • Español
  • English

Evite falhas na segurança do condomínio

Alguns cuidados são fundamentais para que a segurança do condomínio seja preservada. São pontos importantes que precisam da atenção de moradores e gestores condominiais para conter situações vulneráveis e de risco.

Por isso, veja a seleção de informações relevantes para evitar falhas de segurança e manter a proteção de condomínios. São 5 dicas que servem para quem trabalha nas dependências ou é condômino.

Confira!

1. Planejamento de segurança

O planejamento é um dos primeiros passos para evitar falhas na segurança do condomínio. Ele possibilita mensurar os investimentos em segurança, identificar os locais de instalação de dispositivos e de mapear pontos mais vulneráveis.

Ao planejar, o técnico analisa o fluxo dos moradores, as necessidades e propõe o plano ideal para o condomínio.

2. Qualificação profissional

Economizar e focar em baixos custos faz parte da gestão dos condomínios. Porém, é importante lembrar que alguns serviços precisam de atenção, e preço não deve ser o único critério para escolher os profissionais de segurança.

Sejam pessoas contratadas ou empresas terceirizadas, é recomendado apostar no perfil de profissional com treinamento, além de boas recomendações.

Há capacitações direcionadas para serviços de portaria que preparam o porteiro para as atividades da profissão: desde manusear equipamentos de segurança, até atendimento ao público e situações emergenciais.

3. Atualização do sistema de segurança

O sistema de segurança precisa de manutenção e atualização para ser eficiente. Por isso, é importante que a gestão do condomínio solicite visita técnica ou orientações para verificar o funcionamento, e para identificar melhorias para a segurança do condomínio.

Atualizar o sistema de segurança garante também um melhor desempenho da portaria, que conta com os dispositivos para monitorar e ampliar a proteção dos moradores.

4. Colaboração dos moradores

Condomínio é um espaço compartilhado, e diante disso, precisa da colaboração de todos. A segurança do condomínio só é bem-sucedida se cada morador fizer a sua parte! Não deixar portões abertos, não facilitar o acesso de pessoas sem autorização, e todas as demais regras de segurança precisam ser respeitadas.

Vale lembrar que, para organizar as regras do condomínio, é interessante propor a política ou protocolo de segurança: um documento para registrar as orientações e normas para manter o local seguro.

5. Monitoramento de pessoas e veículos

A portaria precisa ter o acompanhamento de quem circula nas dependências e dos veículos que acessam o condomínio. É no movimento de pessoas que assaltos e furtos acontecem. Por isso, é necessário identificar visitas, fornecedores, moradores, entregadores e carros de aplicativo de carona, por exemplo.

Os equipamentos de seguranças são grandes aliados para fazer esse monitoramento. Câmeras de alta resolução são excelentes alternativas pela precisão das imagens.

A segurança do condomínio não depende exclusivamente dos equipamentos ou dos profissionais contratados. Existem cuidados que são primordiais para que moradores permaneçam seguros e num ambiente agradável. Inclusive, a própria postura dos moradores, não é mesmo?

Dica extra: para evitar falhas no sistema e segurança, a escolha de produtos com qualidade, inovação e reconhecimento é essencial. Confira os produtos da JFL Alarmes.


Centro de Treinamento Tecnológico

Seja um profissional de Segurança Eletrônica certificado pela JFL Alarmes.

Acessar Calendário

Cursos de capacitação tecnológica a distância

Aprender sobre os equipamentos JFL nunca foi tão fácil.

Acesse os cursos

Loja JFL

Adquira materiais promocionais com a marca JFL para sua distribuidora e clientes.

Acessar loja JFL

RLG Automatizadores

Conheça os Automatizadores e Cancelas RLG. Uma empresa do Grupo JFL Alarmes.

Acessar site RLG