fbpx

Suporte técnico: conheça os guias e tutoriais da JFL Alarmes

A segurança eletrônica é um nicho de mercado que precisa acompanhar os avanços da tecnologia e as atualizações de fornecedores para estar de acordo com as necessidades de quem compra.

Foi pensando nisso que a JFL Alarmes desenvolveu uma área no seu site com todas as informações para que instaladores tenham acesso às descrições técnicas, tutoriais e guias de seus produtos.

Conheça um pouco mais sobre a seção de suporte técnico, o que ela oferece e como você pode aproveitar mais esta facilidade. Veja!

Área Suporte

Para localizar a seção, basta acessar o site da JFL. Logo na página inicial, a área suporte é exibida no menu principal. Ao clicar na seção, é aberto o menu com as categorias separadas por assuntos ou tipo de material disponibilizado.

Alguns deles são específicos para resolver questões de um determinado produto, enquanto outros itens apresentam uma “biblioteca” com todas as diretrizes para fazer instalações e resolver questões técnicas.

Neste post serão apresentadas as principais categorias e o que você vai encontrar em cada uma delas.

Guias rápidos

Os guias são materiais em texto – geralmente disponiveis em PDF – que servem como instrução para instalar equipamentos, fazer testes, adicionar dispositivos, fazer backup, configurar redes, entre outros.

Os materiais são didáticos, objetivos e ilustrados com as telas correspondentes da atividade que você procura aprender.

Manuais antigos

Sem esquecer dos produtos que já saíram de linha ou foram atualizados, a JFL mantém uma seção com os principais manuais antigos.

Desta forma, quem ainda procura por informações de equipamentos que não lançamentos e já estão no mercado por um bom tempo, pode encontrar nesta seção o manual que procura.

Softwares e Drivers

Para facilitar o acesso e a instalação dos equipamentos de segurança, a equipe da JFL disponibilizou na área de suporte todos os programas e drives necessários para seus produtos.

Vídeos tutoriais

Uma das seções mais dinâmicas do suporte técnico é a dos vídeos tutoriais, que explicam o passo a passo de como fazer instalações e como é o funcionamento de determinados equipamentos.

A seção direciona o usuário para o canal da JFL no Youtube e disponibiliza um menu com muitos vídeos, todos padronizados, informativos e técnicos.

Reset de senha

Como a questão da segurança e da privacidade são assuntos importantes para a JFL, foi pensando nisso que foram construídas essas seções. O instalador tem acesso a diversos serviços para manutenção dos equipamentos de CFTV e centrais de alarme JFL.

Além das seções citadas aqui neste post, existem outras que são muito importantes para quem instala equipamentos de segurança.

Vale ressaltar que a área de suporte é aberta e disponível para qualquer usuário interessado, não tendo necessidade de cadastro prévio ou senha de acesso.

Se você é instalador e ficou interessado pela área de suporte técnico da JFL, saiba que ela está disponível e foi pensada para você.

Agora, se você quer aprofundar seus conhecimentos técnicos, conheça os cursos de capacitação da JFL. São aulas a distância, em ambiente virtual e com certificado. Aproveite e faça a sua inscrição.

 

 

 

5 equipamentos essenciais para proteção de áreas internas

Investir em segurança requer a utilização de equipamentos importantes, e para a proteção de áreas internas existem alguns dispositivos que são fundamentais.

Seja para manter os pertences de casa seguros, ou para garantir a segurança nas empresas, contar com sistemas de proteção é uma decisão que facilita o monitoramento do local, o cuidado com objetos e com as pessoas, e colaboram para um ambiente mais tranquilo.

Neste post você vai conhecer os 5 principais equipamentos para manter áreas internas seguras e controladas para evitar invasões e situações indesejadas, como arrombamentos, incêndios e furtos. Acompanhe!

1. Sensor Infravermelho Passivo

Este tipo de sensor identifica movimentos pela variação da temperatura no ambiente.

É um modelo chamado também por sensor de presença. Quando acionado pela entrada de alguma pessoa no ambiente, o sensor envia um sinal para a central de alarme, que por sua vez, aciona a sirene e/ou envia um aviso para a central de monitoramento ou para os celulares cadastrados.

2. Câmera de segurança

A câmera de segurança é um dispositivo utilizado com frequência em áreas externas, mas pode ser instalado em ambientes internos sem restrições.Tanto para promover segurança quanto para monitorar ambientes e atividades em um determinado local, as câmeras cumprem um papel de monitoramento importante para quem precisa acompanhar a movimentação em áreas internas.

3. Sistema de detecção e alarme de incêndio

Evitar incêndios e acidentes com fogo é o principal objetivo deste sistema. Formado por equipamentos e dispositivos como a central de alarmes, ele é responsável por captar a informação que identifica a fumaça provocada no ambiente e aciona alarmes e detectores.

4. Sensor de abertura

São modelos de sensores instalados em locais de acesso, como portas e janelas. Servem para que, em caso de invasão, o equipamento comunica a central de alarmes da situação ocorrida e executa a ação conforme foi programado.

5. Aplicativos

Que a tecnologia é grande aliada da segurança eletrônica você já sabe, certo? Ela proporciona soluções que facilitam o monitoramento de ambientes e a proteção de áreas internas, também.

Existem apps que permitem acessar as câmeras de dentro de casa e monitorar a atividade e o ambiente protegido a partir do smartphone ou tablet.

É sempre válido consultar profissionais que sejam capacitados e que entendam de segurança eletrônica para escolher os equipamentos mais adequados para proteger áreas internas.

Seja em residências, empresas ou qualquer outro ambiente que necessidade de cuidados e monitoramento: contar com equipamentos eficientes e com alta tecnologia otimiza as ações para manter locais seguros.

Se você gostou deste conteúdo, siga a leitura aqui no blog com o post “Sensor PET: proteção para casa e para seu animal de estimação” e aproveite para conhecer mais uma solução para proteger sua casa.

Entenda a importância do detector de fumaça

Ter um sistema de alerta para prevenir acidentes é uma medida importante. Não se engane em pensar que dispositivos, como o detector de fumaça, não são necessários em casa ou na sua empresa. Esse tipo de equipamento é capaz de prevenir incêndios de forma rápida, acionado por pequenas concentrações de fumaça.

Que tal saber um pouco mais sobre isso? Neste post, você vai ficar por dentro da importância de ter detectores de fumaça instalados nos mais diversos ambientes. Confira!

Quais são os principais benefícios do detector de fumaça?

Os detectores de fumaça são fundamentais para identificar acidentes com fogo ou situações de incêndio. O acionamento do alarme quando uma fumaça é identificada facilita para que as pessoas que estejam no local tomem providências. Ainda, existem modelos que tem a possibilidade de ativar sistemas de água para combater o fogo, de acordo com as orientações do corpo de bombeiros.

Outros benefícios fazem a diferença e colaboram para a eficiência do dispositivo. Veja alguns deles:

Instalação e design

Com a ajuda de um profissional, a instalação do aparelho é feita de forma rápida, fácil, e no lugar mais apropriado. Ainda, o detector conta com um design discreto e formato adequado para não interferir no ambiente. Geralmente, é instalado no teto.

Investimento

O detector de fumaça é um dispositivo que faz parte de todo um sistema de detecção e alarme de incêndio. O valor de um sistema tem muitas variáveis: depende do tamanho do ambiente, quantidade de dispositivos, entre outras. É de extrema importância que o projeto seja feito por um profissional altamente capacitado.

Acionamento e prevenção

Um dos principais benefícios do detector de fumaça é a agilidade e rapidez do acionamento. Basta uma pequena concentração de fumaça para que o alarme seja acionado. Por isso, é um equipamento fundamental para a prevenção de incêndios.

Locais e situações

Não são apenas os locais públicos e banheiros de avião que precisam de detectores de fumaça. Qualquer local que necessite de cuidados para evitar acidentes com fogo podem contar com o dispositivo.

Cozinha e área de serviços são ambientes que, quando não têm ventilação adequada, podem acontecer acidentes com escapamentos de aquecedores ou fogão, o que são causas recorrentes. Da mesma forma, sala e quarto costumam ter objeto inflamáveis — como tapetes e cortinas — , e uma vela acesa pode provocar acidentes rapidamente.

Qual a importância do detector de fumaça?

As causas de incêndios — sejam elas em residências ou empresas — podem ser as mais variadas. Problemas na rede elétrica, escapamento de gás, cigarros mal apagados são algumas frequentes.

Ainda, existem situações de pessoas mais vulneráveis capazes de gerar ocorrências, como idosos que moram sozinhos, nas quais é comum acontecer esquecimentos do fogão aceso, por exemplo.

Por ter inúmeras possibilidades de causas e situações de incêndio, o detector de fumaça é importante para a prevenção e para alertar o perigo. A adequação do dispositivo deve ser feita conforme a necessidade do ambiente e das pessoas.

Se você identificou alguma situação de possível risco de incêndio ao ler este post, não espere: entre em contato com a JFL Alarmes e receba todas as informações para instalar o detector de fumaça mais adequado para o que você precisa.

E não esqueça que a prevenção é essencial para manter a segurança, seja de pessoas ou de locais.

 

 

 

 

 

O que seu condomínio precisa para se manter seguro?

Ultimamente nem mesmo os condomínios – que sempre foram vistos como uma solução segura de moradia – estão livres da ação de criminosos.

Segundo especialistas, a maioria dos assaltos a condomínios estão relacionados a falta de planejamento e implementação inadequada de sistemas de segurança.

Planejamento e implementação de sistemas de segurança

São muitos os tipos de soluções que podem trabalhar em conjunto com os funcionários do condomínio e garantir, assim, maior controle. Para tanto, o investimento em soluções de qualidade em segurança eletrônica é fundamental, e não se pode esquecer que todo investimento em maquinário deve estar atrelado a manutenções constantes, treinamentos de toda a equipe e também dos condôminos.

Que tal descobrir algumas soluções que fazem diferença quando o assunto é proteção?

Um bom sistema de segurança eletrônica em um condomínio deve prever, no mínimo, os seguintes itens:

Controle de acesso

O primeiro item a receber atenção especial dos responsáveis pela segurança do condomínio. Tanto o acesso de pedestres, quanto de veículos deve ser feito através de sistemas de controle de acesso específico, visando identificar e controlar a circulação no interior do Condomínio.

Alarmes e sensores de presença

Os alarmes e sensores de presença são os melhores amigos de quem deseja se manter seguro. Todo sistema de segurança deve ter a instalação muito bem planejada desse tipo de dispositivo.

Os sensores e os alarmes podem detectar e monitorar eventuais tentativas de invasão.

Outras soluções, se trabalhadas em conjunto, podem oferecer ainda mais eficiência, como o controle de acesso, as centrais de comunicação, o monitoramento via smartphone entre outras.

 Sistema de CFTV (Câmeras) com gravação

Prevenir, sem dúvida, estar um passo à frente, principalmente quando o que está em jogo são nosso patrimônio e nossa vida. Para tanto, o investimento em sistema de câmeras é necessário.

Dentro de um condomínio, a instalação de câmeras e monitoramento remoto provocam até mudanças de comportamento nos próprios condôminos.

É possível automatizar uma série de funções, como lâmpadas e portões e monitorar garagem, elevadores e principais pontos de circulação.

Detecção de incêndio para condomínios

Quando falamos em segurança, não podemos esquecer que a detecção de incêndio também é uma maneira de proteção, seja pessoal ou patrimonial.

Os sistemas atuais oferecem soluções para condomínios pequenos a grandes.

Eletrificadores (cercas elétricas)

Ouça o conselho de quem fabrica os melhores eletrificadores do Brasil! As cercas elétricas oferecem uma proteção abrangente, até onde os olhos não alcançam, muito eficiente para condomínios.

 Função pânico da central de comunicação condominial

Invista em centrais de comunicação que tenham a função pânico entre suas funções. Através dela os moradores podem receber alertas em caso de emergências, favorecendo ainda mais a segurança de todo o condomínio.

A tecnologia é uma aliada de peso!

A cada dia as funcionalidades se expandem com a evolução dos equipamentos. Então fica a dica: é importante se atualizar quanto as novidades da área de segurança eletrônica.

Lembrando que o investimento em tecnologia favorece a valorização do condomínio, ou seja, reflete no bolso!

A JFL e sua ampla equipe de instaladores em todo o Brasil está preparada para te ajudar quando o assunto é Segurança em Condomínios.

Sua empresa mais segura com JFL Alarmes

Para implantar um sistema de segurança comercial, o ideal é que se determine primeiramente o nível de sofisticação do sistema que você precisa.

Um sistema de segurança para o seu negócio proporciona maior tranquilidade e um ambiente de trabalho mais seguro para você e seus funcionários. Para empresas de pequeno ou médio porte com necessidades mínimas de segurança, um sistema de alarme mais simples pode ser suficiente. No entanto, para empresas com operações mais extensas, um local físico maior, mais funcionários ou ativos de alto valor é necessário um sistema de segurança mais sofisticado. Esses sistemas exigem instalação profissional e monitoramento e gerenciamento contínuos.

Os sistemas de segurança abrangem uma gama de configurações autônomas ou integradas que executam uma ou mais dessas funções:

  • Controle de acesso,
  • Vigilância (Câmeras de segurança),
  • Alarmes de incêndio,
  • Gerenciamento de energia,
  • Sensores,
  • Portas e portões eletrônicos,
  • Automação (para controle de temperatura, acionamento de portas e portões, ar condicionado, armar e desarmar alarmes, sensores, e demais equipamentos).

A JFL é reconhecida como a maior fabricante de alarmes e cercas elétrica do Brasil e também como um dos maiores exportadores. Seus produtos são exportados para mais de 15 países, por isso, tem condições de oferecer produtos específicos para as necessidades de segurança das empresas de pequeno, médio e grande porte.

A JFL oferece profissionais de alto nível, bem treinados e qualificados, com total conhecimento dos equipamentos, oferecendo um serviço de qualidade além da confiabilidade da procedência dos produtos.

Ela também é um exemplo de inovação tendo criado uma monitoria, que acompanha e avalia o volume de projetos dos funcionários, incentivando a capacitação e o crescimento dos profissionais.

A empresa possui produtos que desenvolvem todas as funções acima citadas, sendo utilizados em empresas que prezam pela segurança de seu patrimônio e de seus funcionários.

Dentre vários benefícios que os produtos JFL podem oferecer para a sua empresa, estão os normalmente mais utilizados:

Tecnologia habilitada para dispositivos móveis

Smartphones e outros dispositivos móveis hoje são ferramentas comerciais padrão. A JFL oferece a capacidade de controlar seu sistema e receber status de um smartphone ou tablet, acessível por meio de qualquer conexão segura de Internet ou celular.

Saiba mais em https://jflalarmes.com.br/produtos/alarmes/aplicativo-e-software-alarmes/

 

Vídeo de alta definição (8 Megapixel)

Não faz muito tempo que o vídeo não era considerado evidência admissível em muitos tribunais porque as imagens não eram tão nítidas. Hoje, as câmeras de alto megapixel fornecem qualidade de alta definição que não apenas fornece detalhes finos, mas também permite zoom e reprodução quadro a quadro para precisão.

Saiba mais em https://jflalarmes.com.br/produtos/cftv/

 

 Dicas para comprar sistemas de segurança

 Certifique-se de que todo o pessoal-chave saiba como o sistema de segurança funciona, esteja confortável com sua operação e tenha códigos de acesso atualizados.

Dê preferência ao uso de redes sem fio e sistemas de backup de celular, para que não haja interferências ou suspensão de atividades em casos de emergência.

Reduza o custo e o estresse de falsos alarmes realizando a manutenção de seu sistema regularmente. Em particular, verifique os contatos da janela após a limpeza – uma importante fonte de sinais de alarme falso.

Conheça todos os produtos JFL em https://jflalarmes.com.br/

Central de Alarme de Incêndio: por que usá-los no seu negócio?

Prevenir incêndios é tão importante quanto saber apagá-los ou mesmo saber como agir corretamente no momento em que eles ocorrem.

Detectar o incêndio e outros acidentes de menor proporção no início podem deixar de transformar-se em tragédia se forem evitados e controlados com segurança e tranqüilidade por pessoas devidamente treinadas. Na maioria das vezes, o pânico dos que tentam se salvar faz mais vítimas que o próprio acidente.

Grande parte desse tipo de acidentes são imprevisíveis, porém podem ser detectados, logo no início, com a instalação de um sistema de alarme de incêndio, proporcionando agilidade nas ações a serem realizadas para controlá-los.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o mais correto é que todos os trabalhadores da empresa coloquem em prática as normas estabelecidas sobre os cuidados preventivos e o comportamento diante de acidentes, promovendo exercícios, através da simulação de incêndios. Esse tipo de prática contribui suficientemente para a prevenção e a segurança de todos. Mas para efetuar essa operação é necessário um fator indispensável, a existência – em perfeito estado de uso e conservação – de equipamentos destinados a combater incêndios  conforme as condições de segurança estabelecidas por lei, que vão desde a obrigatoriedade de extintores de incêndios, hidrantes, mangueiras, registros, chuveiros automáticos (sprinklers) e escadas com corrimão.

Para se utilizar um sistema de alarme de incêndio, é indispensável que seja feita uma pesquisa sobre os equipamentos disponíveis no mercado, a idoneidade do fabricante e a experiência do profissional que fará a instalação.

 

Por que usar um alarme de incêndio no seu negócio?

O principal benefício da utilização desses equipamentos é ter a chance de detectar o acidente logo no início e evitar que tome maiores proporções. Com essa agilidade, é possível amenizar danos e reduzir a exposição de clientes e funcionários a maiores riscos.

Existem vários tipos de equipamentos destinados à prevenção a incêndios, alguns deles são:

–           Detector de fumaça: dispara o alarme ao detectar indícios de fumaça gerados pelo princípio de incêndio e envia a mensagem sobre a ocorrência à Central. Detectores confiáveis reduzem disparos de alarmes falsos, pois possuem proteção contra poeira.

–           Detector de temperatura: dispara caso a temperatura do ambiente atinja a temperatura máxima previamente configurada. Ao detectar esse calor, os detectores avisam a Central da ocorrência.

–           Acionador manual: precisam estar disponíveis e visíveis para que qualquer pessoa que perceba o princípio de incêndio possa acioná-los manualmente para também comunicar a Central.

–           Sinalizador audiovisual: o equipamento dispara quando a Central recebe o aviso de possível incêndio por outro tipo de dispositivo. Emite um sinal visual e sonoro, indicando a todas as pessoas a situação de alerta.

–           Central de alarme de incêndio: é o cérebro da operação e deve ser configurada por uma pessoa qualificada. Os dispositivos são conectados à central que, por sua vez, monitora todo o sistema e recebe informações dos dispositivos. Caso um deles detecte um princípio de incêndio, a central será a responsável por enviar os comandos que ativarão as sirenes de alarme de incêndio.

Como saber qual o melhor alarme

Para cada tipo de edificação predial há a necessidade de um sistema diferente de alarme. Prédios pequenos e com estruturas simples, podem utilizar equipamentos mais simples, que me enviam alarmes por setores. Já edifícios maiores exigem uma detecção mais precisa. Nesse caso, o equipamento deve  possuir um identificador específico em cada dispositivo para que a central consiga informar o local exato e o alarme acionado.

Os sistemas de alarme de incêndio devem entrar na pauta de segurança das reuniões de diretoria e Segurança do Trabalho.

Conheça todas as soluções da JFL Alarmes para Central de Alarmes de Incêndio.

Entre em contato com a JFL Alarmes para tirar suas dúvidas.

Suporte técnico: conheça os guias e tutoriais da JFL Alarmes

A segurança eletrônica é um nicho de mercado que precisa acompanhar os avanços da tecnologia e as atualizações de fornecedores para estar de acordo com as necessidades de quem compra.

Foi pensando nisso que a JFL Alarmes desenvolveu uma área no seu site com todas as informações para que instaladores tenham acesso às descrições técnicas, tutoriais e guias de seus produtos.

Conheça um pouco mais sobre a seção de suporte técnico, o que ela oferece e como você pode aproveitar mais esta facilidade. Veja!

Área Suporte

Para localizar a seção, basta acessar o site da JFL. Logo na página inicial, a área suporte é exibida no menu principal. Ao clicar na seção, é aberto o menu com as categorias separadas por assuntos ou tipo de material disponibilizado.

Alguns deles são específicos para resolver questões de um determinado produto, enquanto outros itens apresentam uma “biblioteca” com todas as diretrizes para fazer instalações e resolver questões técnicas.

Neste post serão apresentadas as principais categorias e o que você vai encontrar em cada uma delas.

Guias rápidos

Os guias são materiais em texto – geralmente disponiveis em PDF – que servem como instrução para instalar equipamentos, fazer testes, adicionar dispositivos, fazer backup, configurar redes, entre outros.

Os materiais são didáticos, objetivos e ilustrados com as telas correspondentes da atividade que você procura aprender.

Manuais antigos

Sem esquecer dos produtos que já saíram de linha ou foram atualizados, a JFL mantém uma seção com os principais manuais antigos.

Desta forma, quem ainda procura por informações de equipamentos que não lançamentos e já estão no mercado por um bom tempo, pode encontrar nesta seção o manual que procura.

Softwares e Drivers

Para facilitar o acesso e a instalação dos equipamentos de segurança, a equipe da JFL disponibilizou na área de suporte todos os programas e drives necessários para seus produtos.

Vídeos tutoriais

Uma das seções mais dinâmicas do suporte técnico é a dos vídeos tutoriais, que explicam o passo a passo de como fazer instalações e como é o funcionamento de determinados equipamentos.

A seção direciona o usuário para o canal da JFL no Youtube e disponibiliza um menu com muitos vídeos, todos padronizados, informativos e técnicos.

Reset de senha

Como a questão da segurança e da privacidade são assuntos importantes para a JFL, foi pensando nisso que foram construídas essas seções. O instalador tem acesso a diversos serviços para manutenção dos equipamentos de CFTV e centrais de alarme JFL.

Além das seções citadas aqui neste post, existem outras que são muito importantes para quem instala equipamentos de segurança.

Vale ressaltar que a área de suporte é aberta e disponível para qualquer usuário interessado, não tendo necessidade de cadastro prévio ou senha de acesso.

Se você é instalador e ficou interessado pela área de suporte técnico da JFL, saiba que ela está disponível e foi pensada para você.

Agora, se você quer aprofundar seus conhecimentos técnicos, conheça os cursos de capacitação da JFL. São aulas a distância, em ambiente virtual e com certificado. Aproveite e faça a sua inscrição.

 

 

 

5 equipamentos essenciais para proteção de áreas internas

Investir em segurança requer a utilização de equipamentos importantes, e para a proteção de áreas internas existem alguns dispositivos que são fundamentais.

Seja para manter os pertences de casa seguros, ou para garantir a segurança nas empresas, contar com sistemas de proteção é uma decisão que facilita o monitoramento do local, o cuidado com objetos e com as pessoas, e colaboram para um ambiente mais tranquilo.

Neste post você vai conhecer os 5 principais equipamentos para manter áreas internas seguras e controladas para evitar invasões e situações indesejadas, como arrombamentos, incêndios e furtos. Acompanhe!

1. Sensor Infravermelho Passivo

Este tipo de sensor identifica movimentos pela variação da temperatura no ambiente.

É um modelo chamado também por sensor de presença. Quando acionado pela entrada de alguma pessoa no ambiente, o sensor envia um sinal para a central de alarme, que por sua vez, aciona a sirene e/ou envia um aviso para a central de monitoramento ou para os celulares cadastrados.

2. Câmera de segurança

A câmera de segurança é um dispositivo utilizado com frequência em áreas externas, mas pode ser instalado em ambientes internos sem restrições.Tanto para promover segurança quanto para monitorar ambientes e atividades em um determinado local, as câmeras cumprem um papel de monitoramento importante para quem precisa acompanhar a movimentação em áreas internas.

3. Sistema de detecção e alarme de incêndio

Evitar incêndios e acidentes com fogo é o principal objetivo deste sistema. Formado por equipamentos e dispositivos como a central de alarmes, ele é responsável por captar a informação que identifica a fumaça provocada no ambiente e aciona alarmes e detectores.

4. Sensor de abertura

São modelos de sensores instalados em locais de acesso, como portas e janelas. Servem para que, em caso de invasão, o equipamento comunica a central de alarmes da situação ocorrida e executa a ação conforme foi programado.

5. Aplicativos

Que a tecnologia é grande aliada da segurança eletrônica você já sabe, certo? Ela proporciona soluções que facilitam o monitoramento de ambientes e a proteção de áreas internas, também.

Existem apps que permitem acessar as câmeras de dentro de casa e monitorar a atividade e o ambiente protegido a partir do smartphone ou tablet.

É sempre válido consultar profissionais que sejam capacitados e que entendam de segurança eletrônica para escolher os equipamentos mais adequados para proteger áreas internas.

Seja em residências, empresas ou qualquer outro ambiente que necessidade de cuidados e monitoramento: contar com equipamentos eficientes e com alta tecnologia otimiza as ações para manter locais seguros.

Se você gostou deste conteúdo, siga a leitura aqui no blog com o post “Sensor PET: proteção para casa e para seu animal de estimação” e aproveite para conhecer mais uma solução para proteger sua casa.

Entenda a importância do detector de fumaça

Ter um sistema de alerta para prevenir acidentes é uma medida importante. Não se engane em pensar que dispositivos, como o detector de fumaça, não são necessários em casa ou na sua empresa. Esse tipo de equipamento é capaz de prevenir incêndios de forma rápida, acionado por pequenas concentrações de fumaça.

Que tal saber um pouco mais sobre isso? Neste post, você vai ficar por dentro da importância de ter detectores de fumaça instalados nos mais diversos ambientes. Confira!

Quais são os principais benefícios do detector de fumaça?

Os detectores de fumaça são fundamentais para identificar acidentes com fogo ou situações de incêndio. O acionamento do alarme quando uma fumaça é identificada facilita para que as pessoas que estejam no local tomem providências. Ainda, existem modelos que tem a possibilidade de ativar sistemas de água para combater o fogo, de acordo com as orientações do corpo de bombeiros.

Outros benefícios fazem a diferença e colaboram para a eficiência do dispositivo. Veja alguns deles:

Instalação e design

Com a ajuda de um profissional, a instalação do aparelho é feita de forma rápida, fácil, e no lugar mais apropriado. Ainda, o detector conta com um design discreto e formato adequado para não interferir no ambiente. Geralmente, é instalado no teto.

Investimento

O detector de fumaça é um dispositivo que faz parte de todo um sistema de detecção e alarme de incêndio. O valor de um sistema tem muitas variáveis: depende do tamanho do ambiente, quantidade de dispositivos, entre outras. É de extrema importância que o projeto seja feito por um profissional altamente capacitado.

Acionamento e prevenção

Um dos principais benefícios do detector de fumaça é a agilidade e rapidez do acionamento. Basta uma pequena concentração de fumaça para que o alarme seja acionado. Por isso, é um equipamento fundamental para a prevenção de incêndios.

Locais e situações

Não são apenas os locais públicos e banheiros de avião que precisam de detectores de fumaça. Qualquer local que necessite de cuidados para evitar acidentes com fogo podem contar com o dispositivo.

Cozinha e área de serviços são ambientes que, quando não têm ventilação adequada, podem acontecer acidentes com escapamentos de aquecedores ou fogão, o que são causas recorrentes. Da mesma forma, sala e quarto costumam ter objeto inflamáveis — como tapetes e cortinas — , e uma vela acesa pode provocar acidentes rapidamente.

Qual a importância do detector de fumaça?

As causas de incêndios — sejam elas em residências ou empresas — podem ser as mais variadas. Problemas na rede elétrica, escapamento de gás, cigarros mal apagados são algumas frequentes.

Ainda, existem situações de pessoas mais vulneráveis capazes de gerar ocorrências, como idosos que moram sozinhos, nas quais é comum acontecer esquecimentos do fogão aceso, por exemplo.

Por ter inúmeras possibilidades de causas e situações de incêndio, o detector de fumaça é importante para a prevenção e para alertar o perigo. A adequação do dispositivo deve ser feita conforme a necessidade do ambiente e das pessoas.

Se você identificou alguma situação de possível risco de incêndio ao ler este post, não espere: entre em contato com a JFL Alarmes e receba todas as informações para instalar o detector de fumaça mais adequado para o que você precisa.

E não esqueça que a prevenção é essencial para manter a segurança, seja de pessoas ou de locais.

 

 

 

 

 

O que seu condomínio precisa para se manter seguro?

Ultimamente nem mesmo os condomínios – que sempre foram vistos como uma solução segura de moradia – estão livres da ação de criminosos.

Segundo especialistas, a maioria dos assaltos a condomínios estão relacionados a falta de planejamento e implementação inadequada de sistemas de segurança.

Planejamento e implementação de sistemas de segurança

São muitos os tipos de soluções que podem trabalhar em conjunto com os funcionários do condomínio e garantir, assim, maior controle. Para tanto, o investimento em soluções de qualidade em segurança eletrônica é fundamental, e não se pode esquecer que todo investimento em maquinário deve estar atrelado a manutenções constantes, treinamentos de toda a equipe e também dos condôminos.

Que tal descobrir algumas soluções que fazem diferença quando o assunto é proteção?

Um bom sistema de segurança eletrônica em um condomínio deve prever, no mínimo, os seguintes itens:

Controle de acesso

O primeiro item a receber atenção especial dos responsáveis pela segurança do condomínio. Tanto o acesso de pedestres, quanto de veículos deve ser feito através de sistemas de controle de acesso específico, visando identificar e controlar a circulação no interior do Condomínio.

Alarmes e sensores de presença

Os alarmes e sensores de presença são os melhores amigos de quem deseja se manter seguro. Todo sistema de segurança deve ter a instalação muito bem planejada desse tipo de dispositivo.

Os sensores e os alarmes podem detectar e monitorar eventuais tentativas de invasão.

Outras soluções, se trabalhadas em conjunto, podem oferecer ainda mais eficiência, como o controle de acesso, as centrais de comunicação, o monitoramento via smartphone entre outras.

 Sistema de CFTV (Câmeras) com gravação

Prevenir, sem dúvida, estar um passo à frente, principalmente quando o que está em jogo são nosso patrimônio e nossa vida. Para tanto, o investimento em sistema de câmeras é necessário.

Dentro de um condomínio, a instalação de câmeras e monitoramento remoto provocam até mudanças de comportamento nos próprios condôminos.

É possível automatizar uma série de funções, como lâmpadas e portões e monitorar garagem, elevadores e principais pontos de circulação.

Detecção de incêndio para condomínios

Quando falamos em segurança, não podemos esquecer que a detecção de incêndio também é uma maneira de proteção, seja pessoal ou patrimonial.

Os sistemas atuais oferecem soluções para condomínios pequenos a grandes.

Eletrificadores (cercas elétricas)

Ouça o conselho de quem fabrica os melhores eletrificadores do Brasil! As cercas elétricas oferecem uma proteção abrangente, até onde os olhos não alcançam, muito eficiente para condomínios.

 Função pânico da central de comunicação condominial

Invista em centrais de comunicação que tenham a função pânico entre suas funções. Através dela os moradores podem receber alertas em caso de emergências, favorecendo ainda mais a segurança de todo o condomínio.

A tecnologia é uma aliada de peso!

A cada dia as funcionalidades se expandem com a evolução dos equipamentos. Então fica a dica: é importante se atualizar quanto as novidades da área de segurança eletrônica.

Lembrando que o investimento em tecnologia favorece a valorização do condomínio, ou seja, reflete no bolso!

A JFL e sua ampla equipe de instaladores em todo o Brasil está preparada para te ajudar quando o assunto é Segurança em Condomínios.

Sua empresa mais segura com JFL Alarmes

Para implantar um sistema de segurança comercial, o ideal é que se determine primeiramente o nível de sofisticação do sistema que você precisa.

Um sistema de segurança para o seu negócio proporciona maior tranquilidade e um ambiente de trabalho mais seguro para você e seus funcionários. Para empresas de pequeno ou médio porte com necessidades mínimas de segurança, um sistema de alarme mais simples pode ser suficiente. No entanto, para empresas com operações mais extensas, um local físico maior, mais funcionários ou ativos de alto valor é necessário um sistema de segurança mais sofisticado. Esses sistemas exigem instalação profissional e monitoramento e gerenciamento contínuos.

Os sistemas de segurança abrangem uma gama de configurações autônomas ou integradas que executam uma ou mais dessas funções:

  • Controle de acesso,
  • Vigilância (Câmeras de segurança),
  • Alarmes de incêndio,
  • Gerenciamento de energia,
  • Sensores,
  • Portas e portões eletrônicos,
  • Automação (para controle de temperatura, acionamento de portas e portões, ar condicionado, armar e desarmar alarmes, sensores, e demais equipamentos).

A JFL é reconhecida como a maior fabricante de alarmes e cercas elétrica do Brasil e também como um dos maiores exportadores. Seus produtos são exportados para mais de 15 países, por isso, tem condições de oferecer produtos específicos para as necessidades de segurança das empresas de pequeno, médio e grande porte.

A JFL oferece profissionais de alto nível, bem treinados e qualificados, com total conhecimento dos equipamentos, oferecendo um serviço de qualidade além da confiabilidade da procedência dos produtos.

Ela também é um exemplo de inovação tendo criado uma monitoria, que acompanha e avalia o volume de projetos dos funcionários, incentivando a capacitação e o crescimento dos profissionais.

A empresa possui produtos que desenvolvem todas as funções acima citadas, sendo utilizados em empresas que prezam pela segurança de seu patrimônio e de seus funcionários.

Dentre vários benefícios que os produtos JFL podem oferecer para a sua empresa, estão os normalmente mais utilizados:

Tecnologia habilitada para dispositivos móveis

Smartphones e outros dispositivos móveis hoje são ferramentas comerciais padrão. A JFL oferece a capacidade de controlar seu sistema e receber status de um smartphone ou tablet, acessível por meio de qualquer conexão segura de Internet ou celular.

Saiba mais em https://jflalarmes.com.br/produtos/alarmes/aplicativo-e-software-alarmes/

 

Vídeo de alta definição (8 Megapixel)

Não faz muito tempo que o vídeo não era considerado evidência admissível em muitos tribunais porque as imagens não eram tão nítidas. Hoje, as câmeras de alto megapixel fornecem qualidade de alta definição que não apenas fornece detalhes finos, mas também permite zoom e reprodução quadro a quadro para precisão.

Saiba mais em https://jflalarmes.com.br/produtos/cftv/

 

 Dicas para comprar sistemas de segurança

 Certifique-se de que todo o pessoal-chave saiba como o sistema de segurança funciona, esteja confortável com sua operação e tenha códigos de acesso atualizados.

Dê preferência ao uso de redes sem fio e sistemas de backup de celular, para que não haja interferências ou suspensão de atividades em casos de emergência.

Reduza o custo e o estresse de falsos alarmes realizando a manutenção de seu sistema regularmente. Em particular, verifique os contatos da janela após a limpeza – uma importante fonte de sinais de alarme falso.

Conheça todos os produtos JFL em https://jflalarmes.com.br/

Central de Alarme de Incêndio: por que usá-los no seu negócio?

Prevenir incêndios é tão importante quanto saber apagá-los ou mesmo saber como agir corretamente no momento em que eles ocorrem.

Detectar o incêndio e outros acidentes de menor proporção no início podem deixar de transformar-se em tragédia se forem evitados e controlados com segurança e tranqüilidade por pessoas devidamente treinadas. Na maioria das vezes, o pânico dos que tentam se salvar faz mais vítimas que o próprio acidente.

Grande parte desse tipo de acidentes são imprevisíveis, porém podem ser detectados, logo no início, com a instalação de um sistema de alarme de incêndio, proporcionando agilidade nas ações a serem realizadas para controlá-los.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o mais correto é que todos os trabalhadores da empresa coloquem em prática as normas estabelecidas sobre os cuidados preventivos e o comportamento diante de acidentes, promovendo exercícios, através da simulação de incêndios. Esse tipo de prática contribui suficientemente para a prevenção e a segurança de todos. Mas para efetuar essa operação é necessário um fator indispensável, a existência – em perfeito estado de uso e conservação – de equipamentos destinados a combater incêndios  conforme as condições de segurança estabelecidas por lei, que vão desde a obrigatoriedade de extintores de incêndios, hidrantes, mangueiras, registros, chuveiros automáticos (sprinklers) e escadas com corrimão.

Para se utilizar um sistema de alarme de incêndio, é indispensável que seja feita uma pesquisa sobre os equipamentos disponíveis no mercado, a idoneidade do fabricante e a experiência do profissional que fará a instalação.

 

Por que usar um alarme de incêndio no seu negócio?

O principal benefício da utilização desses equipamentos é ter a chance de detectar o acidente logo no início e evitar que tome maiores proporções. Com essa agilidade, é possível amenizar danos e reduzir a exposição de clientes e funcionários a maiores riscos.

Existem vários tipos de equipamentos destinados à prevenção a incêndios, alguns deles são:

–           Detector de fumaça: dispara o alarme ao detectar indícios de fumaça gerados pelo princípio de incêndio e envia a mensagem sobre a ocorrência à Central. Detectores confiáveis reduzem disparos de alarmes falsos, pois possuem proteção contra poeira.

–           Detector de temperatura: dispara caso a temperatura do ambiente atinja a temperatura máxima previamente configurada. Ao detectar esse calor, os detectores avisam a Central da ocorrência.

–           Acionador manual: precisam estar disponíveis e visíveis para que qualquer pessoa que perceba o princípio de incêndio possa acioná-los manualmente para também comunicar a Central.

–           Sinalizador audiovisual: o equipamento dispara quando a Central recebe o aviso de possível incêndio por outro tipo de dispositivo. Emite um sinal visual e sonoro, indicando a todas as pessoas a situação de alerta.

–           Central de alarme de incêndio: é o cérebro da operação e deve ser configurada por uma pessoa qualificada. Os dispositivos são conectados à central que, por sua vez, monitora todo o sistema e recebe informações dos dispositivos. Caso um deles detecte um princípio de incêndio, a central será a responsável por enviar os comandos que ativarão as sirenes de alarme de incêndio.

Como saber qual o melhor alarme

Para cada tipo de edificação predial há a necessidade de um sistema diferente de alarme. Prédios pequenos e com estruturas simples, podem utilizar equipamentos mais simples, que me enviam alarmes por setores. Já edifícios maiores exigem uma detecção mais precisa. Nesse caso, o equipamento deve  possuir um identificador específico em cada dispositivo para que a central consiga informar o local exato e o alarme acionado.

Os sistemas de alarme de incêndio devem entrar na pauta de segurança das reuniões de diretoria e Segurança do Trabalho.

Conheça todas as soluções da JFL Alarmes para Central de Alarmes de Incêndio.

Entre em contato com a JFL Alarmes para tirar suas dúvidas.